Páginas

18/08/2014

torta de legumes invertida (sem glúten)


Como disse no post anterior, eu não gosto de usar palavras em inglês aqui no blog. É por isso que eu dei o nome de Torta de Legumes Invertida para essa receita. Mas o nome verdadeiro desse prato é Cobbler de Legumes.

Deixa eu explicar. 90% dos blogs de culinária que eu visito são americanos. Eu amo a gastronomia brasileira, mas tenho uma paixonite aguda pela confeitaria e padaria americana.

Começou quando eu morei lá, no final dos anos 90, e pude entender finalmente a diferença entre to cook (cozinhar) e to bake (assar) na cozinha de lá. Nos EUA, assar coisas, como bolos, cupcakes e tortas é considerada uma modalidade totalmente diferente da habilidade de cozinhar. Não era raro as pessoas me perguntarem:
"- Do you cook too or just bake?" (você cozinha também ou só assa?).

E pra quem trabalha com produtos sem glúten, como eu, as receitas de lá são muito mais eficazes, pois eles são gluten-free há mais tempo e têm mais conhecimento sobre o assunto do que nós.

Por esses motivos é que vocês vêem tantas receitas americanas aqui no Melinda.

O cobbler é uma receita que consiste em uma torta que pode ser doce ou salgada, onde o recheio é cozido antes em uma panela ou frigideira e depois coberto com colheradas de massa e levada ao forno.

Esse Cobbler de Legumes é bem fácil de fazer. Tem algumas etapas, mas é quase a prova de falhas. E pode ser servido tranquilamente como prato principal acompanhado de uma salada verde.

Receita super especial pra vocês!


Torta de Legumes Invertida

Ingredientes:
Recheio
400ml de água
300g de tomates cereja cortados na metade
2 cenouras picadas
3 batatas picadas
1 cebola picada em rodelas
3 dentes de alho
1/2 tablete de caldo de vegetais
2 colheres de sopa de azeite de oliva
2 colheres de sopa de creme de leite ou leite de coco
1 colher de sopa de amido de milho
Sal e pimenta do reino à gosto

Massa
¾ xíc. de farinha de arroz
½ xíc. de fécula de batata
½ xíc. de polvilho doce
2 colheres de amido de milho
1 colher de chá de goma xantana
1/2 colher de sopa de açúcar
1 colher de chá de sal
4 colheres de sopa de margarina
2 ovos
1 xíc. de leite integral
½ xíc. de queijo cottage
½ colher de sopa de fermento químico
¾ xíc. de queijo ralado (parmesão, canastra ou mussarela)
1/2 colher de sopa de orégano ou ervas de Provence secas

Preparo:
1 - Primeiro, faça o recheio. Aqueça o azeite em uma frigideira grande. Acrescente a cebola e deixe cozinhar, mexendo ocasionalmente, até que elas caramelizem (cerca de 15 minutos). Adicione o alho, refogue por mais um minuto e em seguida, acrescente as cenouras, a batatas, os tomates e a água. Tempere com sal e pimenta e cozinhe por mais 5 minutos;
2 - Acrescente o creme de leite e o amido de milho dissolvido em um pouco de água. Ferva por 2 minutos ou até engrossar;
3 – Retire do fogo e despeje a mistura em um refratário e deixe esfriar;
4 – Para a massa, misture as farinhas, o amido de milho, a goma xantana, o fermento, o açúcar e o sal. Usando os dedos ou um garfo, incorpore a margarina até que a mistura fique como uma farofa. Acrescente o queijo cottage, o leite e os ovos. Por último misture o queijo ralado e as ervas secas;
5 – Coloque colheradas da massa sobre o recheio (deve estar morno) e asse em forno pré-aquecido por 30 minutos ou até que a massa esteja dourada e o recheio borbulhante.


O recheio dessa torta pode levar qualquer tipo de legume que você tiver na geladeira. É só juntar tudo que sobrou do fim de semana e ser feliz!

Bom início de semana e bon appétit!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pin It button on image hover