Páginas

28/01/2014

galette de pera e gorgonzola (sem glúten)


Fazer massas amanteigadas sem glúten para tortas e galettes é um desafio e tanto. A falta da farinha de trigo, que confere elasticidade às preparações, torna a massa quebradiça e de difícil manuseio. É necessário muito carinho e cuidado para cumprir a missão de esticar a massa e colocá-la em cima do tabuleiro.

E mesmo com a minha paciência de monge budista para cozinhar (que fique claro que é só pra cozinhar), eu quase desisti quando a minha primeira tentativa de arrumar a massa sobre o tabuleiro terminou em um milhão de pedacinhos em cima da mesa. E o resultado final, como vocês podem ver, é um tanto quanto "rústico".

Mas o sabor e textura não decepcionam. Vale a pena fazer. Anotem aí:


Galette de Pera e Gorgonzola (sem glúten)
 
Ingredientes:

Massa
1/2 xíc. de farinha de arroz branco
1/2 xíc. de farinha de arroz integral
1/2 xíc. de amido de milho
1/2 xíc. de fubá
1/2 colher de chá de goma xantana
1/2 colher de chá de sal
1 ovo
3 colheres de sopa de manteiga
1/2 xíc. de água fria

Recheio
2 peras descascadas e fatiadas
5 colheres de sopa de queijo cottage
150g de queijo gorgonzola
1/2 colher de chá de ervas de Provence
Pimenta-do-reino à gosto
azeite de oliva para regar e untar o tabuleiro

Preparo:
1 - Para a massa, misture todos os ingredientes e sove até que fique homogênea. Deixe descansar por 15 minutos. Abra a massa com um rolo e coloque por cima de um tabuleiro redondo raso (tipo de pizza) untado com azeite de oliva. Reserve;
2 - Espalhe a ricota no fundo da massa, deixando uma borda de 5cm sem recheio. Arrume as peras fatiadas por cima e por último espalhe o queijo gorgonzola em pequenos pedaços. Tempere com pimenta-do-reino e dobre a borda por cima do recheio com bastante cuidado. Regue com azeite de oliva;
3 - Asse por 1 hora em forno médio (200o C) pré-aquecido. Sirva quente com um fio de mel, fica sensasional!





Na verdade, eu fiz duas galettes. A segunda eu recheei com ricota, salame, pimentão assado e muçarela. Ficou ótima também!

Comer sem glúten exige algumas adaptações do paladar. Mais em textura do que em sabor. Mas nem eu nem ninguém aqui em casa tem achado difícil.

Gostaram da dica? Daqui a pouco vem mais...

Bon appétit!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pin It button on image hover